domingo, 22 de maio de 2016

Sobre X-Men: Coisas dos filmes que saíram direto das HQs


A franquia cinematográfica dos X-Men é uma das que mais divide opiniões entre os fãs de quadrinhos, principalmente depois que a Marvel Studios lançou seu universo  nas telonas, criando um grande escopo que parece ser o novo padrão comparativo para os outros filmes, embora os X-Men tenham inaugurado a nova era dos filmes de heróis e tenha feito o primeiro filme de equipe que funcionou, influenciando a Disney a investir na franquia dos Vingadores e lançar sua própria tendência ao quebrar os novos paradigmas do filme de herói sombrio, denso e realista lançado por Singer e continuado por Christopher Nolan, fazendo filmes mais "família" e trazendo os uniformes coloridos de volta para as telas.
Isso criou um novo paradigma que fez com que alguns fãs de quadrinhos começassem a torcer o nariz para as leituras autorais que diretores como Sam Raimi, Bryan Singer e Christopher Nolan trouxeram para suas adaptações. Não vou entrar no mérito da adaptação, pois já escrevi sobre isso aqui (LEIA).

Esse texto é uma resposta a uma das frases que mais leio em fóruns de discussão: "A Fox ignora completamente os quadrinhos pra fazer seus filmes". Para mostrar que isso está errado, fiz uma lista de elementos da franquia que foram retirados diretamente dos quadrinhos, sejam cenas inteiras ou apenas referências. A lista não inclui aspectos visuais óbvios, como o figurino civil e o cabelo cafona do Wolverine sempre com seu charuto, os cabelos brancos da Tempestade, a Jean ruiva, as mechas brancas da Vampira ou o incrível visual do Fera em X-Men 3. Vou tentar me ater ao máximo a acontecimentos dos enredos e também vou me ater aos filmes da equipe, sem contar os filmes solo do Wolverine e do Deadpool. Obviamente a lista contém spoilers, mas está dividida por filmes, então não precisa ler tudo se não tiver visto todos os filmes.